Introdução à História

História é a ciência que estuda o passado das diferentes sociedades humanas e permite o resgate e a compreensão das realizações humanas, de suas causas e consequências, fornecendo-nos parâmetros para o entendimento do nosso presente e permitindo deduções sobre como será o futuro.

A História é um estudo criterioso, investigativo e sistemático sobre a humanidade através dos tempos, em quatro aspectos principais, relacionados com a política, com a economia, com a sociedade e com a cultura. Vejamos os significados dessas palavras:

  • Política: arte ou ciência de governar; arte ou ciência da organização, direção e administração de nações ou Estados. Podemos sintetizar política como toda forma de poder de uma sociedade.
  • Economia: leis (ou formas) que regulam a produção, distribuição e consumo de bens e serviços (riquezas). Ou seja, a economia é toda forma de sobrevivência de uma sociedade.
  • Sociedade: grupo ou grupos de indivíduos que vivem por vontade própria sob normas (regulamentos) comuns; comunidade. Isto é, toda forma de organização social de um povo.
  • Cultura: conjunto de ideias, conhecimentos, técnicas e artefatos, de padrões de comportamento e atitudes que caracterizam uma determinada sociedade. Pode ser material (objetos, técnicas) ou imaterial (ideias, tradições, crenças, conhecimento). Ou seja, cultura é toda invenção/criação material ou imaterial que é compartilhado pelos membros de uma sociedade.

História: ciência do Tempo:

Para melhor localizar e estudar um fato histórico, os historiadores fazem uso de certas noções de tempo como anos, décadas, séculos, milênios. Mas, a forma de contagem de tempo não é a mesma para todas as sociedades humanas.

Todos os povos seguem seus calendários (conjunto dos dias do ano correspondentes a determinados acontecimentos).

Os três principais calendários são:

  • Calendário Judaico: calendário lunar, parte da criação do mundo conforme a Bíblia; inicia-se com a saída de Abraão de Ur, na Caldéia, ocorrido em 3.761 a.C. Por isso, está sempre 3.761 anos adiantado em relação ao nosso calendário.

Ex: 2013 (Ano Cristão) + 3761 (Diferença) = 5774 (Ano atual para os judeus). Ou seja, o ano 2013 do nosso calendário corresponde ao ano 5774 do calendário judaico.

  • Calendário Islâmico: calendário lunar que iniciou-se com a fuga de Maomé de Meca para Medina, em 622 d.C. (Ano 1 do seu calendário).

Ex: 2013 (Ano Cristão) – 622 (Início do Calendário islâmico) = 1391 (Ano atual para os muçulmanos). Ou seja, enquanto no nosso calendário estamos vivendo o ano 2013, para os muçulmanos corresponde a ano 1391.

  • Calendário Cristão: calendário solar, também chamado de Calendário Gregoriano, pois trata-se da antigo Calendário Juliano (utilizado pelos romanos) e reformado pelo papa Gregório XIII (em 1582). Ele tem como referência o nascimento de Cristo (ano 1). As datas anteriores ao nascimento de Cristo são acrescidas da sigla a.C. (antes de Cristo), e as datas posteriores ao nascimento de Cristo podem vir acrescidas das siglas d.C. (depois de Cristo) ou A.D. (Anno Domini ou Ano do Senhor). Quando determinadas datas em algum documento ou texto não estiverem acrescidas de siglas (a.C., d.C. ou A.D.) subtende que elas aconteceram depois de Cristo. O Calendário Cristão ou Gregoriano é quase universal, utilizado principalmente no Ocidente.
  • Divisões da História: para efeito didático, os historiadores costumam dividir a trajetória humana em 5 grandes períodos ou idades:

a)  Pré-história, período que vai da origem do ser humano até o aparecimento da escrita, por volta de 4000 a.C.

b)  Idade Antiga, período que vai de 4000 a.C. até a queda do Império Romano, em 476 d.C.

c)  Idade Média, período que vai de 476 até a queda de Constantinopla, em 1453.

d)  Idade Moderna, fase que se estende de 1453 até a Revolução Francesa, em 1789.

e)  Idade Contemporânea: fase atual da história humana, que vem de 1789 até nossos dias.

Com base no Calendário Cristão, veremos uma tabela de séculos e seus anos correspondentes.

Tabela de Séculos e Anos

Séc. Anos Séc. Anos
I 1 a 100 XII 1001 a 1100
II 101 a 200 XIII 1101 a 1200
III 201 a 300 XIV 1201 a 1300
IV 301 a 400 XV 1301 a 1400
V 401 a 500 XVI 1401 a 1500
VI 501 a 600 XVII 1501 a 1600
VII 601 a 700 XVIII 1601 a 1700
VIII 701 a 800 XIX 1701 a 1800
IX 801 a 900 XX 1801 a 1900
X 901 a 1000 XXI 1901 a 2000
XI 1001 a 1100 XXII 2001 a 2100
 
Como identificar o século relativo a determinada data (ano)? Para facilitar a sua compreensão, usemos o seguinte esquema:
1º Para as datas com 1 e 2 números (anos 1 a 99), considere-se século I.
Exemplos: Ano 10 = século I;  Ano 1 = século I; Ano 85 = século I.  Obs.: estas datas (10, 1 e 85) aconteceram antes de terminar o século I.
2º Para as datas com mais de 2 números, usa-se os seguintes critérios:
- terminadas em 00, considera-se, como século, o valor que sobrar.
Exemplos: Ano 100 = século I;   Ano 1000 = século X; Ano 2000 = século XX.
- terminadas em números diferentes de 00, considere-se o valor que sobrou e soma-se mais (+) 1.
Exemplos: Ano 101 =  1 + 1 => (século II);   Ano 1099 = 10 + 1=> (século XI); Ano 2013 = 20 + 1=> (século XXI).
 

Por que estudar História?

Para responder essa pergunta, leiamos o que diz a professora Lilian Aguiar:

“Ao estudar a história nos deparamos com o que os homens foram e fizeram, e isso nos ajuda a compreender o que podemos ser e fazer. Assim, a história é a ciência do passado e do presente, mas o estudo do passado e a compreensão do presente não acontecem de uma forma perfeita, pois não temos o poder de voltar ao passado e ele não se repete. Por isso, o passado tem que ser ‘recriado’, levando em consideração as mudanças ocorridas no tempo. As informações recolhidas no passado não servirão ao presente se não forem recriadas, questionadas, compreendidas e interpretadas. A história não se resume à simples repetição dos conhecimentos acumulados. Ela deve servir como instrumento de conscientização dos homens para a tarefa de construir um mundo melhor e uma sociedade mais justa.”

Além do texto acima, é bom ouvirmos um vídeo muito interessante, que encontrei no youtube, que trata do trabalho de alguns alunos sobre a importância de estudar a história. Clique no link a seguir e assista ao vídeo:

Por que estudar História?

Fonte:

  • Dicionário Michaelis: http://michaelis.uol.com.br/moderno/portugues. Acesso em 25/01/2013.
  • Escola Kids – Profª Lilian: http://www.escolakids.com/a-importancia-de-se-estudar-a-historia.htm. Acesso em 25/01/2013.
  • Resumo pessoal  Professor Alcides.

—————————————————————————————————————-

Exercícios / Lição de casa:

1.  Relacione as duas colunas, observando os significados das palavras:

a)  Ciência
(   )
Ciência que estuda as leis que regulam a produção, distribuição e consumo de bens e arte de pôr em prática as normas que daquelas se deduzem.
b)  Politica
(   )
Sistema de ideias, conhecimentos, técnicas e artefatos, de padrões de comportamento e atitudes que caracteriza uma determinada sociedade.
c)  Economia
(   )
Tabela em que se fixam os dias do ano correspondentes a determinados acontecimentos.
d)  Sociedade
(   )
Mania de repetir ou memorizar determinados termos ou conceitos, sem necessariamente reter o aprendizado.
e)  Cultura
(   )
Arte ou ciência da organização, direção e administração de nações ou Estados. Arte ou ciência de governar.
f)  Tempo
(   )
Organização dinâmica de indivíduos autoconscientes e que compartilham objetivos comuns e são, assim, capazes de ação conjugada.
g)  Calendário
(   )
Ocasião própria para um determinado ato; ensejo, conjuntura, oportunidade. Uma época, um lapso de tempo futuro ou passado.
h)  Decoreba
(   )
Conjunto de direitos e deveres ao qual um indivíduo está sujeito em relação à sociedade em que vive.
i)  Cidadania
(   )
Soma dos conhecimentos práticos que servem a determinado fim. Tudo o que se pode reduzir a regras e preceitos

2.  ”Por que e para que estudar História?” Podemos responder essa pergunta, afirmando (assinale a alternativa correta):

a)   que a História é necessária para compreendermos o desenvolvimento biológico das pessoas;

b)  que a História é necessária porque é uma ciência que explora o comportamento das pessoas;

c)   que a História é uma ciência que estuda como a sociedade humana tem ocupado o espaço físico;

d)  que a História, como ciência, representa a própria memória das civilizações ao longo do tempo.

3.  Os anos “20, 210, 400, 1400, 1453, 1789 e 2014” correspondem, respectivamente, segundo nosso calendário, aos séculos:

a) XX, III, V, XV, XL, XVII e XXI.
c) I, III, IV, XIV, XV, XVIII e XXI.
b) II, III, IV, XIV, XVI XVIII e XX.
d) I, II, IV, XIV, XVI XVIII e XX.

4.  Explique a frase da professora Lilian Aguiar: “a história é a ciência do passado e do presente”.

5.  (Enem-2000) Os quatro calendários apresentados a seguir mostram a variedade na contagem do tempo em diversas localidades.

Com base nas informações apresentadas, pode-se afirmar que:

a)  o final do milênio,1999/2000, é um fator comum às diferentes culturas e tradições.
b)  embora o calendário cristão seja hoje adotado em âmbito internacional, cada cultura registra seus eventos marcantes em calendário próprio.
c)  o calendário cristão foi adotado universalmente porque, sendo solar, é mais preciso que os demais.
d)  A religião não foi determinante na definição dos calendários.

6.  Veja o vídeo “A importância de estudar história” e destaque as ideias principais.

-  -  -  -  -  -  -  -  -  -  -  -  -  -  -  -  -  -  -  -  -  -  -  -  -  -  -  -  -  -  -  -  -

Respostas (professor):

Depois de fazer a atividades acima, compare suas respostas com as minhas (no caso das questões 4 e 6, os destaques podem ser apenas aproximados, uma vez que as respostas são abrangentes e pessoais…)

1.  Compare as alternativas – a) até i) com as linhas à direita de cada alternativa:
a) = considere no parêntese desta alternativa, a  frase da linha da letra c;
b) = idem, letra e;
c) = idem, g;
d) = idem, h;
e) = idem, b;
f)  = idem, d;
g) = idem, f;
h) = idem, i;
i)  = idem, a.    

2. Letra d. 

3. Letra c.

4.  Segundo a professora Lilian Aguiar para melhor entendermos o presente teremos que recorrer ao passado. Mas o passado tem que ser ‘recriado’, levando em consideração as mudanças ocorridas no tempo, através de informações que, após recolhidas, devem ser questionadas, compreendidas e interpretadas. São estas informações do passado que nos levam a construir uma sociedade mais justa no presente.

5. Letra b.

6.  Estudar História é:

-  saber o que ocorreu no passado e também entender o presente;
-  importante, porque ela está presente em nossas vidas a todo o momento;
-  mais do que “decoreba”, ela exige que se pense, questione, tenha raciocínio crítico e veja o mundo por outro ângulo, que não o nosso (senso comum);
-  fazer dela uma ferramenta que nos ajuda a ter uma visão mais crítica e nos leva a lutarmos pelos nossos direitos.

-  -  -  -  -  -  -  -  -  -  -  -  -  -  -  -  -  -  -  -  -  -  -  -  -  -  -  -  -  -  -  -  -

alcides-amorim posted at 2013-1-25 Category: História | Tags:

Leave a Reply

(Ctrl + Enter)